Voltar à academia é seguro?


26 de outubro de 2021

Voltar à academia é seguro?

A atividade física é recomendada por médicos e até pela Organização Mundial de Saúde. De acordo com as novas regras da OMS, é recomendado que adultos façam atividade física moderada de 150 a 300 minutos por semana. Há também a alternativa de fazer de 75 a 150 minutos de atividade física intensa, desde que não haja contraindicação. No entanto, será que voltar à academia agora é seguro?

É que mesmo com as recomendações da OMS, há um outro fator a ser considerado: a Covid-19. Muitas pessoas deixaram de frequentar esses espaços durante o início da pandemia e ainda não se sentem seguras para voltar.

Ao mesmo tempo, realizar atividade física é essencial para:

  • evitar o ganho de peso ou tratar a obesidade;
  • prevenir e controlar doenças cardíacas;
  • evitar e controlar a diabetes tipo 2;
  • minimizar sintomas de ansiedade de depressão;
  • reduzir o declínio cognitivo
  • melhorar a memória;
  • estimular o cérebro.

Mas será que é possível realizar tudo isso e voltar à academia? Veja os cuidados e recomendações.

Voltar à academia é seguro?

O período da pandemia afetou não apenas quem foi acometido pela Covid ou perdeu uma pessoa querida. Todos sentiram o preço do distanciamento social. Isso fez com que quadros de ansiedade e depressão, por exemplo, aumentassem.

A verdade é que por mais que o coronavírus siga existindo, a maioria das pessoas está precisando sair um pouco de casa. Ver outros indivíduos, se exercitar, conversar com gente que só se vê na academia… Tudo isso faz bem e, na maioria dos casos, já é necessário.

No entanto, muitos estão em dúvida se voltar à academia é seguro. É fato que o vírus continua circulando e que novas variantes também foram encontradas. No entanto, ao mesmo tempo, a vacina já está disponível para quem tem mais de 12 anos.

No entanto, é fato de que a academia é um local fechado, o que facilita a transmissão do coronavírus. Além disso, há uma maior dispersão de gotas contaminantes durante a prática do exercício. Isso faz com que a chance de transmissão do vírus aumente.

E agora? Devo voltar à academia ou não?

Como visto, há prós e contras de voltar a fazer exercícios nesse ambiente. Por isso, antes de se matricular é recomendado conversar com o médico. Assim, o profissional vai poder avaliar tanto se o indivíduo está com a vacinação em dia, quanto se para ele os possíveis riscos compensam.

De qualquer forma, para voltar à academia é preciso ter muitos cuidados. Os equipamentos precisam ser cuidadosamente higienizados. Já as máscaras devem ser mantidas no rosto, mesmo durante o exercício.

Dicas de alternativas para quem não for voltar para a academia

Por vezes, é possível que a pessoa converse com o médico e ele não recomende que a pessoa volte para a academia. Isso pode acontecer por exemplo, em casos de doenças autoimunes ou quando o indivíduo toma medicamentos que fazem com que o sistema imunológico fique debilitado. Nesse caso, o mais adequado é buscar por uma alternativa segura para se exercitar. Dentre elas, é possível:

  • Fazer caminhadas no parque, mantendo o distanciamento e usando máscara;
  • Pedalar, sempre com máscara;
  • Se exercitar em casa.

Conheça exercícios fáceis para você fazer e movimente-se já!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *