Tapetes ergonômicos são usados apenas na indústria?


12 de maio de 2021

A Importância da Ergonomia e do Tapete Ergonômico na Indústria

Quando e por que usar o tapete ergonômico? Essa é uma pergunta que comumente é feita por quem não conhece esse produto e os benefícios que ele pode oferecer para os mais diferentes ambientes.

Também chamado de antifadiga, o tapete ergonômico é voltado para ofertar mais conforto ao pisar, diminuir o impacto e consequentemente o cansaço dos pés em atividades nas quais o profissional fica muito tempo em pé durante o dia. Em suma, é mais cômodo e agradável pisar em um tapete ergonômico do que em um chão duro, de concreto.

Por isso, o tapete ergonômico é classificado como um equipamento de proteção coletiva, EPC, ou seja, é um item que quando instalado no local adequado e corretamente, ajuda a melhorar o ambiente laboral. Afinal, todos os presentes podem ser beneficiados pela sua função e o dia a dia deles acaba se tornando menos cansativo.

Onde o tapete ergonômico pode ser usado?

Embora muitas pessoas acreditem que tapete ergonômico só é útil em um ambiente industrial, a verdade é que ele pode ser aplicado em qualquer local no qual o profissional precise ficar muito tempo em pé. Assim, pode se tornar uma boa opção para ambientes variados como, por exemplo:

  • Escolas;
  • Comércio;
  • Linha de produção;
  • Sala de ordenha;
  • Escritórios;
  • Portarias;
  • Guaritas;
  • Área de atendimento de academias;
  • Corredores hospitalares;
  • Setor de logística, entre outros.

O tapete ergonômico resolve todos os problemas?

Esse item é muito importante e deve ser usado em qualquer lugar no qual o colaborador precise ficar em pé por muito tempo. Entretanto, apenas o seu uso não é suficiente para que a pessoa não fique fatigada. Por isso, é preciso considerar os outros fatores que possam levar o profissional à fadiga e trabalhar soluções preventivas. Para isso, é recomendado:

  • Ter uma rotina de trabalho que permita que o colaborador alterne entre o tempo em pé e parte do tempo sentado ou andando;
  • Permitir que, sempre que possível, a pessoa trabalhe sentada e, para isso, disponibilizar um assento confortável e ergonômico;
  • Oferecer um calçado de segurança, com bom solado e uso de palmilhas adequadas para a função;
  • Realizar uma boa sinalização, de modo que acidentes tenham sido evitados;
  • Garantir que o tapete ergonômico adquirido é de qualidade, adequado à função e possui certificado de qualidade;
  • fazer a manutenção no tapete, de forma que ele esteja sempre em perfeitas condições e pronto para absorver o impacto e melhorar a qualidade do ambiente laboral.

Na Elasta você encontra o melhor tapete ergonômico para a sua indústria ou comércio! Entre em contato conosco e solicite um orçamento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *