Tapetes Ergonômicos na prevenção das doenças ocupacionais


Tapetes Ergonômicos na prevenção das doenças ocupacionais

Em muitos locais de trabalho, os funcionários executam suas funções sempre de pé, normalmente em posturas desconfortáveis e desagradáveis se levada em questão a integridade física do trabalhador.

Grandes períodos de tempo nessas posições podem causar, a longo prazo, lesões nas pernas, nos braços e na coluna, além de problemas circulatórios.

Para casos como esse, deve-se ter em mente que o trabalhador pode ter, depois de alguns anos de trabalho na mesma função, algumas doenças ocupacionais graves, o que pode até mesmo trazer processos trabalhistas direcionados à empresa.

Evitar ou ao menos tentar reduzir esses problemas é uma tarefa relativamente simples. Duas maneiras principais de realizar essa prevenção seriam:

Permitir que o trabalhador alterne algum tempo sentado com seu período de trabalho de pé, de maneira que o descanso traga mais tranquilidade e uma diminuição nos pequenos e desagradáveis pontos de dor durante o trabalho (devem ser colocados assentos para que os períodos de descanso sejam aproveitados em posições confortáveis, revigorando o trabalhador.

Utilização de um tapete ergonômico (anti-fadiga). Esse tipo de tapete é feito com borracha macia e tem uma textura que auxilia na circulação, diminuindo o risco de doenças advindas da falta dela, além de diminuir as dores causadas pelos exaustivos períodos com o peso do corpo todo apoiado sobre os pés, devido à seu material que distribui harmonicamente a força, impedindo lesões como a LER, por exemplo.

Os tapetes ergonômicos da Elasta são moldados especialmente para incrementar seu desempenho ergonômico, trazendo muito mais conforto para o trabalhador e diminuindo ao máximo os riscos de lesões e doenças a longo prazo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *