Quais os potenciais riscos de acidentes em segmentos que atuam diretamente com eletricidade e como fazer para evitá-los


Empresas que trabalham com eletricidade precisam ficar muito atentas à segurança dos colaboradores. O risco de acidentes é grande e, na maioria das vezes, eles podem ser fatais.

Por isso, é preciso fazer o possível para evitar problemas. O uso de equipamentos de proteção individual, equipamentos de proteção coletiva, bem como o treinamento da equipe ajuda a evitar problemas.

Saiba mais sobre os riscos e veja dicas de como evitá-los!

Causas de acidentes nas empresas envolvendo eletricidade

Empresas que lidam diretamente com eletricidade têm mais risco de acidentes naturalmente. Afinal, o dia a dia da equipe é atuando em algo que realmente é mais perigoso.

Contudo, há situações que podem contribuir para o aumento dos casos de acidentes envolvendo eletricidade. São elas:

  • Colaboradores sem treinamento ou com treinamento falho;
  • Ausência de Equipamentos de Proteção individual;
  • Ausência de equipamentos de proteção coletiva;
  • Má manutenção nos sistemas elétricos;
  • Materiais de baixa qualidade para trabalhar;
  • Má manutenção nos equipamentos de proteção coletiva;
  • Equipamentos de proteção individual vencidos ou incorretos;
  • Contato acidental com circuitos energizados.

Todos esses itens podem aumentar as chances de um acidente, envolvendo eletricidade, acontecer. Cabe à empresa fazer o possível para evitá-los.

Como evitar que acidentes envolvendo eletricidade aconteçam?

Veja algumas dicas do que fazer para minimizar os riscos da sua equipe!

Treinamento eficiente

A equipe precisa ser treinada quando é contratada e passar por cursos de reciclagem constantes. Isso é muito importante para que o colaborador saiba manusear os equipamentos e as ferramentas bem e possa compreender que o uso de EPIs é preciso.

Vale lembrar que o uso incorreto de equipamentos de proteção individual pode aumentar as chances de acidente.

EPI e EPCs

A empresa precisa oferecer os equipamentos de proteção individual corretos e orientar sobre o uso. Além disso, é preciso fazer a reposição sempre que necessário e, claro, garantir que todos tenham EPis de qualidade e dentro da validade para serem usados.

Além disso, é preciso que a empresa invista em equipamentos de proteção coletiva, como tapete isolante elétrico, grade dobrável e sinalização.

Atuação efetiva da CIPA

A empresa deve ter uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Essa equipe atua diretamente com os colaboradores e ajuda a engajar as pessoas, para que elas usem os EPIs e fiquem atentas a qualquer irregularidade. Caso um EPC, por exemplo, tenha problema, o colaborador deve ser instruído a comunicar o superior imediatamente.

Além disso, a CIPA atualiza mapa de riscos das diversas áreas da empresa, algo essencial para a prevenção de acidentes.

Gostou? Na Elasta temos o EPC que a sua empresa precisa. Entre em contato conosco!

Dúvidas ou Comentários?
0 Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *