Quais cuidados precisam ser tomados em locais de trabalho que trabalham com energia elétrica


30 de novembro de 2021

Quais cuidados precisam ser tomados em locais de trabalho que trabalham com energia elétrica

Boa parte dos acidentes elétricos resulta em morte. Por isso, todo cuidado é pouco não só dentro de casa, mas principalmente com relação às pessoas que trabalham com energia elétrica ou em locais nos quais há riscos de descarga elétrica. Afinal, esses profissionais correm um risco maior de acidente do que uma pessoa que atua em outra atividade.

De acordo com o Anuário Estatístico Abracopel 2021 (Ano-base 2020), no ano passado aconteceram 1.502 acidentes envolvendo energia elétrica. Esse número grande mesmo em um ano no qual a pandemia fez com que muitos setores tivessem a produção parada!

Veja os números do anuário e descubra cuidados necessários em locais nos quais as pessoas atuam com energia elétrica.

Anuário mostra os acidentes com energia elétrica

Os 1.502 acidentes envolvendo energia elétrica em 2021 tiveram as seguintes características:

  • 853 são por choques elétricos (56,79%) e desses, 691 resultaram em vítimas fatais, ou seja, 90,44% dos acidentes elétricos causados por choques em 2021 deixou pelo menos uma vítima;
  • 583 por incêndios por sobrecarga (38,81%). Nesse caso, mais 26 pessoas morreram (3,4%);
  • 66 por descarga atmosférica (4,39%), com 47 mortes (6,15%).
    Local no qual o acidente aconteceu:
  • 237 envolvendo a rede aérea de distribuição;
  • 159 em casa;
  • 48 na área rural;38 em comércio/grande ou pequeno porte;
  • 35 na residência unifamiliar/sítio, fazenda;
  • 33 em rios/lagos/açudes;
  • 28 envolvendo poste – área urbana/poste;
  • 25 na área urbana (25);
  • 24 na indústria;
  • 21 na construção civil/acidentes internos.

Como visto, embora a indústria costume ter mais cuidado, acidentes envolvendo a energia elétrica ainda acontece e deixam vítimas. Por fim, o documento ainda relatou as ocupações das vítimas fatais:

  • não especificado (160);
  • estudante (91);
  • agricultor (80);
  • pedreiro/ajudante (58);
  • eletricista autônomo/técnico (44);
  • dona de casa (38);
  • operário/funcionário (34);
  • aposentado (26);
  • ladrão de cabos/curioso/gambiarra (25);
  • instalador de TV a cabo/telefonia (21);
  • eletricista profissional (20);
  • outras profissões (18);
  • motorista de caminhão/ônibus (17);
  • pintor/ajudante (14).

Dos mortos, 70% das pessoas tinham entre 21 e 50 anos de idade.

Como evitar acidentes em locais de trabalho com energia elétrica?

Como visto, ainda ocorrem muitos acidentes envolvendo energia elétrica. Mesmo em 2020, ano marcado pelo distanciamento social, a quantidade de acidentes, dentro do ambiente laboral e fora deles, foi grande. Por isso, é preciso fazer o possível para evitar e proteger a equipe. Dentre os cuidados necessários estão:

  • Treinamento da equipe: as pessoas precisam saber como manusear máquinas e os cuidados, para que evitem se expor a um risco maior. Além disso, devem receber constante atualização técnica;
  • Manutenção dos equipamentos: por vezes, os choques e demais descargas elétricas são resultantes da falta de manutenção de um equipamento. Por isso, é preciso garantir que eles passem por revisões periódicas;
  • Tapete isolante elétrico: o uso é obrigatório e essencial para evitar que descargas elétricas acidentais vitimizem a equipe.

Na Elasta você encontra tapetes de qualidade, que vão proteger a equipe e garantir que todos trabalhem em segurança! Solicite um orçamento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *