Piso de PVC: conheça quais são as vantagens e desvantagens


05 de junho de 2022

Piso de PVC: conheça quais são as vantagens e desvantagens

Muito popular no universo das reformas e da decoração, o piso de PVC tem se consolidado como uma opção versátil e eficiente. 

Além de reunir características ideais a diversos tipos de ambientes, o revestimento apresenta um excelente custo-benefício.

Portanto, se você quer conhecer todas as vantagens proporcionadas pelo piso, acompanhe este conteúdo até o final!

O que é piso de PVC?

Amplamente utilizado na construção de Brasília, o piso de PVC ganhou destaque nos anos 60. Em pouco tempo, se tornou um dos revestimentos mais visados pela arquitetura.

Embora seja chamado de piso vinílico, o piso de PVC é um material mais nobre, possui alta resistência, é sustentável, durável e fabricado a partir de camadas 100% PVC

O piso vinílico, por sua vez, apresenta algumas diferenças!

Piso de PVC é a mesma coisa que Piso Vinílico?

Ainda que o piso vinílico também leve PVC em sua composição, o revestimento tem origem através de um processo de extrusão. Isso significa que o material usa como base uma “massa” contendo outros componentes.

Geralmente, o vinílico conta com 70% de PVC e 30% de outros minerais. 

Enquanto isso, o de PVC é produzido exclusivamente com essa matéria-prima e conta com maior controle de qualidade. Consequentemente, se trata de um piso menos poroso, mais durável e “puro”.

Onde o piso de PVC pode ser instalado?

Bem como foi mencionado, o piso apresenta ótima performance, pois é durável e resistente. Porém, o revestimento deve ser instalado, preferencialmente, em ambientes internos e cobertos, como:

  • Salas;
  • Quartos;
  • Banheiros;
  • Cozinhas;
  • Áreas de lazer.

Vale ressaltar que existem linhas especiais do piso que atendem a condições específicas, como baixa absorção de umidade e facilidade de limpeza. 

Quais são as vantagens e desvantagens do piso de PVC?

Apesar do piso de PVC contar com inúmeras qualidades, alguns aspectos do material podem não ser adequados ao seu projeto. Portanto, confira a seguir as vantagens e desvantagens do produto:

Vantagens

  • Conforto termoacústico: equilibra a temperatura interna e absorve os sons, evitando a propagação de ecos;
  • Fácil manutenção: não acumula poeira e a limpeza é prática, sendo ideal para locais onde há a presença de pessoas alérgicas, crianças e animais;
  • Versatilidade: o material está disponível no mercado em várias cores e modelos, atendendo a diferentes demandas. Algumas opções imitam pedras naturais, madeira, mármore, etc.;
  • Praticidade na instalação: os revestimentos contam com técnicas que usam cola, clique (encaixe) ou já são adesivados. Assim, não é preciso quebradeira, como com pisos convencionais;
  • Ótimo custo-benefício: preços acessíveis.

Desvantagens

  • Falta de compatibilidade: alguns materiais podem deixar o PVC “rugoso”, como é o caso da madeira tradicional. Por isso, a base deve ser lisa, nivelada e revestida antes de receber as peças;
  • Exige mão-de-obra especializada: a instalação é simples, desde que o profissional tenha técnica e domínio sobre o produto;
  • Durabilidade relativa: apesar da alta durabilidade (cerca de 15 anos), o PVC ainda dura menos do que o porcelanato, por exemplo;
  • Restrição de áreas: deve ser evitado em ambientes externos devido à exposição ao sol e à chuva;

Resumidamente, o piso de PVC é uma excelente alternativa, tendo em vista seu acabamento sofisticado e sua funcionalidade. 

Entretanto, tudo dependerá das exigências do seu projeto. 

Portanto, em caso de dúvidas, não hesite e conte com a expertise Elasta!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *